Elêusis

Baía da Grécia, no ângulo nordeste do golfo de Egina, na província da Ática e Beócia, situando-se em frente à ilha de Salamina. Ocupava a parte oriental de um monte rochoso em cujo cume se encontrava a acrópole. A população propriamente dita estendia-se entre a colina e o mar, formando um triângulo de 500 metros.
Possuía vários templos, entre os quais os de Pausânias, Triptolemo, Posídon, Ártemis e o Calicorum, onde se realizavam as festas eleusinas e cuja construção foi dirigida por Ictino.
Elêusis era um dos doze estados independentes em que inicialmente estava dividida a Ática. Conquistada por Atenas, pôde não obstante, graças ao seu carácter religioso, conservar o título de cidade e cunhar moeda própria, privilégio que não desfrutou nenhuma outra povoação, excetuando Atenas.
Os persas destruíram o Calicorum, mas sob o domínio romano a cidade voltou a ser próspera. Alarico arrasou-a definitivamente em 396 d. C.
Como referenciar: Elêusis in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-30 19:58:12]. Disponível na Internet: