elevador

O elevador, aparelho destinado ao transporte de pessoas ou carga entre níveis de altura diferentes, é constituído por uma cabina que normalmente sobe e desce eletricamente e que pode ser acionada do seu interior. A cabina é suspensa por um cabo metálico que passa por uma polia ou tambor.
Foi na Idade Média que se encontraram pela primeira vez, nalguns mosteiros, elevadores que eram usados para o transporte de pessoas. Estes funcionavam pela força do homem que puxava um tambor sobre o qual se enrolava um cabo de suspensão.
Estes aparelhos funcionavam tendo como base o princípio do contrapeso e era utilizada quase exclusivamente a força do homem, a força animal ou a energia potencial da água.
Só nos finais do século XIX é que foram construídos os primeiros elevadores acionados por motores elétricos, uma vez que só nessa altura se verificou o grande desenvolvimento na área da eletricidade.
Ainda hoje este tipo de elevador é utilizado, devido à sua grande segurança e facilidade de comando.
Os elevadores podem ser classificados de acordo com o tipo de acionamento: manuais, hidráulicos ou elétricos.
O contrapeso de um elevador é determinado de maneira a equilibrar o peso da cabina vazia e uma parte da carga a transportar. A sua instalação permite reduzir a dimensão do motor e tornar mais suaves os efeitos das acelerações.
A cabina e o contrapeso movem-se em guias laterais ao longo de uma conduta vertical. Nos edifícios com muitos andares é preciso compensar o peso dos cabos de tração, utilizando-se para tal cabos de compensação tendidos por um dispositivo colocado no poço do elevador.
Como referenciar: elevador in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-02-28 19:07:25]. Disponível na Internet: