Em Busca do Tempo Perdido

Obra prima em sete volumes de Marcel Proust (1871-1922), de extrema beleza e complexidade, e cujo nome original é A la recherche du temps perdu. Há quem a considere um só romance dividido em sete e, ao mesmo tempo, um ensaio ou um longo poema. Proust empregou toda a sua força para a compor. Em 1921 publicou Le côté Guermantes I e II; Sodome et Gomorrhe I e II. Postumamente foram publicados La prisonnière, Albertine disparue e Le temps retrouvé. Trata-se de uma obra que dá uma conceção pessoal da vida e da acuidade do espírito. Proust concebeu a sua obra em forma de memórias. Inaugurou uma tendência que abalou as fronteiras entre os géneros literários.
Como referenciar: Em Busca do Tempo Perdido in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-25 12:43:10]. Disponível na Internet: