Emberizídeos

[Família de aves da ordem dos passeriformes, constituída por 525 espécies, distribuídas pela Europa, Ásia e América.
Constituem um grande grupo de aves, caracterizados pelo seu bico adaptado ao regime alimentar. Conta numerosas espécies de cores vivas. Habitualmente, os machos são mais vistosos pelo seu colorido.
Na Europa meridional nidifica a escrevedeira-de-garganta-preta (Emberiza cirlus). O macho tem as partes inferiores amarelas, com uma faixa verde no peito e a garganta negra. A fêmea como noutras espécies desta família é muito menos atraente. A reprodução ocorre de maio a agosto. Cria no solo ou perto do mesmo, muitas vezes nos ramos baixos dos matagais e caniços que limitam caminhos, terras de cultivo e regatos. O ninho é feito pela fêmea que nele põe de três a cinco ovos branco-esverdeados, com manchas ou riscas escuras. A incubação realizada pela fêmea é feita durante duas semanas. As crias são alimentadas no ninho pela fêmea e a cor da penugem que as cobre é muito semelhante, na cor, à de uma fêmea adulta. Entre as muitas escrevedeiras que têm o seu habitat na Europa ocidental podem citar-se a escrevedeira-amarela (Emberiza citrinella), a escrevedeira sombria brava (Emberiza hortulana), a escrevedeira dos caniços (Emberiza schoeniclus), etc. A tangará-do-paraíso, que mede cerca de 14 centímetros, vive na América do Sul, tropical, a sul dos Andes, e o Cardinal vive na América do Norte.
Como referenciar: Emberizídeos in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-05 23:10:27]. Disponível na Internet: