epígono

Que nasceu depois; descendente; de novas gerações; sucessor; imitador. Autor que segue os princípios estéticos da geração anterior à sua, não acrescentado informação nova. Assim, por exemplo, os escritores que, no início do século XX, praticavam o soneto de estilo parnasiano ou o romance naturalista, numa época em que surgiam novas formas de expressão, são considerados epígonos.
Como referenciar: Porto Editora – epígono na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-26 02:34:38]. Disponível em