Erich Hückel

Físico e químico alemão, Erich Armand Arthur Joseph Hückel, nasceu em Charlottenburg, subúrbios de Berlim, a 9 de agosto de 1896, e faleceu em Marburg, na Alemanha, em 1980.
Estudou física e matemática e recebeu o seu doutoramento em física experimental em 1921 na Universidade de Göttingen. Depois do doutoramento, Hückel tornou-se assistente em Göttingen, mas pouco tempo depois tornou-se assistente de Peter Debye no Federal Institut of Technology em Zurique. Foi aí, em 1923, que, conjuntamente com Debye, desenvolveu a teoria, de Debye-Hückel. Esta teoria é aplicada a soluções eletrolíticas e permite prever o comportamento de eletrólitos fortes explicando as suas condutividades considerando forças interiónicas. Em 1928 e 1929, Hückel passou algum tempo em Inglaterra e Dinamarca trabalhando algum tempo com Niels Bohr. Em 1930 Hückel recebe o cargo de químico-físico no Technical Institute em Estugarda. Trabalhou sobre os efeitos da capilaridade e escreveu um livro acerca disso. Casualmente, os seus interesses moveram-se para o uso dos quantum mecânicos para tratar de moléculas orgânicas. Em 1931 formula a regra de Hückel para determinação de qual dos anéis moleculares teria propriedades aromáticas. Em 1937 desenvolve a sua teoria aproximada designada por teoria das Orbitais Moleculares de Hückel (MO theory) para moléculas orgânicas insaturadas.
Em 1937, Hückel foi nomeado professor de Física teórica no Phillips University de Marburg, onde lecionou até 1962, quando se reformou.

Como referenciar: Erich Hückel in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-08 14:03:03]. Disponível na Internet: