Artigos de apoio

Erich Von Stroheim
Ator, realizador e argumentista de origem austríaca, mais tarde naturalizado americano, Erich Oswald Stroheim nasceu a 22 de setembro de 1885, na cidade de Viena. Desde menino, ajudou o pai na sua fábrica de chapéus. Depois de terminar o serviço militar, emigrou para os Estados Unidos, em 1908. Trabalhou em alguns serviços precários antes de entrar para o mundo cinematográfico, em 1914, como consultor de guarda-roupa e mais tarde ator. Foi nesta faceta de figurante que atuou nos épicos The Birth of a Nation (Nascimento duma Nação, 1915) e Intolerance (Intolerância, 1916), ambos de David W. Griffith. Rapidamente, tomou entre mãos a tarefa de dirigir filmes mudos de curta duração, estreando-se com Blind Husbands (1919). Ganhou alguma notoriedade com Foolish Wives (1921) que também protagonizou, como oficial que seduz uma mulher casada. Os filmes subsequentes de Stroheim mostraram uma maior preocupação com a caracterização psicológica das suas personagens e com pormenores como os cenários, a direção artística e o guarda-roupa, obrigando a maiores custos de produção, o que enfureceu os patrões dos estúdios. Com Greed (1924), manteve uma guerra aberta com os seus produtores, pois insistiu que a obra deveria manter as suas sete horas de duração, mas teve que ceder aos imperativos comerciais, reduzindo a 112 minutos esta história de amor e cobiça. Apesar das excentricidades do realizador, Hollywood continuou a respeitar a sua veia artística. Filmou a opereta The Merry Widow (A Viúva Alegre, 1925), realizou e protagonizou o drama romântico The Wedding March (1928) e dirigiu a grande rainha do cinema mudo Gloria Swanson em Queen Kelly (1929), um melodrama sobre uma freira que se apaixona por um príncipe e emigra para África. Os excessivos custos deste filme e a sua baixa rentabilidade nas bilheteiras levaram os estúdios de Hollywood a fecharem-lhe as portas durante quatro anos, altura em que regressa para realizar o seu único e último filme sonoro: Hello, Sister (1933). A partir daí, Von Stroheim nunca mais dirigiu um filme, concentrando-se na sua carreira de ator e argumentista. Trabalhou com Jean Renoir e Jean Gabin em La Grande Illusion (A Grande Ilusão, 1937), um drama pacifista sobre a relação entre três prisioneiros franceses e um comandante alemão no decorrer da Primeira Grande Guerra. Regressa à América para escapar ao regime nazi, atuando em filmes de guerra de baixo orçamento. A sua última grande atuação, pela qual foi nomeado para o Óscar de Melhor Ator Secundário, foi a de Max Von Mayerling, devoto criado e ex-marido de Gloria Swanson em Sunset Boulevard (O Crepúsculo dos Deuses, 1950). Billy Wilder, seu realizador nesse filme, dele dissera "ser um homem dez anos avançado no tempo". Morreu de cancro, na pequena aldeia francesa de Maurepas, a 12 de maio de 1957.
Como referenciar: Erich Von Stroheim in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-07-27 07:47:02]. Disponível na Internet: