Ernest Borgnine

Ator norte-americano, Ermes Efron Borgnino nasceu a 24 de janeiro de 1917 e faleceu a 8 de julho de 2012. O seu pai fora conselheiro do rei Vítor Emanuel III e a sua mãe tinha o título de Condessa de Capri. Ainda adolescente, interessou-se pelo pugilismo, tendo chegado a ganhar alguns títulos amadores. Aos 18 anos, findou os estudos liceais e decidiu ingressar na Marinha, onde permaneceu durante dez anos, tendo lutado na Segunda Grande Guerra. Foi na Marinha que se apaixonou pelo teatro, tendo participado em alguns espetáculos amadores. Findo o conflito, regressou aos Estados Unidos para trabalhar como operário. A conselho de sua mãe, decidiu tirar um curso de Interpretação Dramática na Randall School of Drama, em Hartford. Em 1946, ingressou na companhia teatral Barter Theatre, onde permaneceu até 1949, ano em que se estreou na Broadway, interpretando o papel de um enfermeiro na peça Harvey (1949). Nesse mesmo ano, entrou numa série televisiva infantil intitulada Captain Video and His Video Rangers (1949). Em 1951, partiu para Los Angeles para tentar uma carreira cinematográfica, estreando-se nesse mesmo ano num filme de série B intitulado The Whistle at Eaton Falls (1951). Durante os anos seguintes, Borgnine especializar-se-ia no desempenho de vilões: em 1953, o seu papel (embora pequeno) do brutal sargento Fatso Judson em From Here to Eternity (Até à Eternidade, 1953) chamou a atenção da crítica especializada de Hollywood, tendo ficado memorável a cena em que espanca severamente Angelo Maggio, personagem desempenhada por Frank Sinatra. Repetiu papéis secundários em filmes de grande sucesso comercial como Johnny Guitar (1954), Demetrius and the Gladiators (Demétrio, o Gladiador, 1954), Vera Cruz (1954) e Bad Day at Black Rock (A Conspiração do Silêncio, 1955). Foi durante as rodagens deste último que Borgnine decidiu comparecer nos castings de Marty (1955), a adaptação cinematográfica de um telefilme protagonizado por Rod Steiger. Borgnine conseguiu o papel de tímido e solitário talhante, solteirão de 40 anos, dominado pela mãe, mas que resolve lutar pela mulher que ama. O filme foi o título-surpresa do ano, vencendo quatro Óscares nas categorias de Filme, Realizador, Argumento Adaptado e Ator, sendo que nesta categoria, Borgnine suplantou os favoritos James Cagney, Spencer Tracy e James Dean. Nas décadas seguintes, tornou-se num dos atores secundários mais requisitados para trabalhar em grandes produções como The Vikings (Os Vikings, 1958), Barabbas (Barrabás, 1962), The Dirty Dozen (Doze Indomáveis Patifes, 1967), The Wild Bunch (A Quadrilha Selvagem, 1969) e The Poseidon Adventure (A Aventura do Poseidon, 1971), alternando esses trabalhos cinematográficos com participações em séries televisivas como McHale's Navy (1962) e Jesus of Nazareth (Jesus da Nazaré, 1977). A partir da década de 80, trabalhou sobretudo em televisão, utilizando o seu estatuto de "guest star" em diversos telefilmes e minisséries.
Como referenciar: Ernest Borgnine in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-03-25 12:41:45]. Disponível na Internet: