Ernest Hilgard

Psiquiatra e professor americano, Ernest Ropiequit Hilgard nasceu a 25 de julho de 1904, em Belleville, no estado de Illinois, e faleceu a 22 de outubro de 2001, em Palo Alto, no estado da Califórnia.
Em 1924, formou-se em Engenharia Química pela Universidade de Illinois. Depois, querendo estudar Psicologia, foi para a Universidade de Yale, onde concluiu o doutoramento, em 1930. Três anos depois, foi lecionar para a Universidade de Stanford, sendo responsável pelo departamento de Psicologia, entre 1942 e 1951, e pela secção de graduação entre 1951 e 1955. Em 1969, obteve a sua jubilação, mas continuou a exercer funções de chefia no Laboratório de Investigação de Hipnose. Na sua investigação, Ernest Hilgard estudou os processos de compreensão da leitura. Hilgard foi ainda um pioneiro no estudo da função da hipnose no comportamento e na resposta dos seres humanos. O hipnotismo não podia ser visto como brincadeira de um espetáculo, mas como ferramenta psicológica útil para alterar o comportamento (como, por exemplo, deixar de fumar) e aliviar o sofrimento. Nesse sentido, realizou vários estudos em analgesia hipnótica.
Hilgard publicou diversos artigos e livros, dos quais se salientam Theories of Learning (1948), Introduction to Psychology (1953), Hypnosis in the Relief of Pain (1975), Divided Consciousness: Multiple Controls in Human Thought and Action (1977) e Psychology in America: A Historical Survey (1978).
Recebeu vários prémios, como Warren Medal in Experimental Psychology (1940), Distinguished Scientific Contribution Award (1969) da Associação Americana de Psicologia e Gold Career Award (1978) da Fundação Americana de Psicologia.
Como referenciar: Ernest Hilgard in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-24 19:22:41]. Disponível na Internet: