Espaço 1999

A série de ficção científica Espaço 1999, produzida em Inglaterra, estreou em setembro de 1975 e foi transmitida até 1977. Esta série, da autoria de Gerry Anderson, acabou por passar depois com sucesso em muitos outros países, entre os quais Portugal.
A série nasceu no início dos anos 70, em Inglaterra, quando o presidente da Associated Televison incumbiu Gerry Anderson de realizar um programa que se passasse algures longe da Terra.
Espaço 1999 conta as histórias, peripécias e experiências dos habitantes da base lunar Alpha a partir do momento em que, a 13 de setembro de 1999, uma série de acidentes nucleares fez com que a Lua se desagregasse da órbita terrestre, passando a vaguear no espaço. O ator Martin Landau representou o papel do Comandante Koenig, o líder da comunidade que vivia na base lunar, uma espécie de complexo militar que funcionava como laboratório para cientistas e médicos. Outras personagens que se destacaram foram Helena Russell (uma médica interpretada por Barbara Bain), Maya (uma extraterrestre interpretada por Catherine Schell) e o piloto Alan Carter (Nick Tate).
A comunidade com cerca de trezentas pessoas que vivia na Base Lunar Alpha encontrou pela frente uma série de aventuras, mas sempre com esperança de regressar ao contacto com a Terra.
Um dos principais motivos do sucesso de Espaço 1999 foi as máquinas e as naves espaciais desenhadas e construídas para a série, particularmente as naves de transporte Eagle.
Os episódios da primeira série de Espaço 1999 tinham argumentos elaborados e complexos, mas na segunda fase passou a haver mais ação. Também apareceu a personagem Maya, uma extraterrestre que tinha a capacidade de ganhar a forma de qualquer ser vivo.
A série ainda hoje tem um vasto grupo de admiradores, que visitam frequentemente os inúmeros sites da Internet ou compram e trocam objetos e bonecos relativos ao tema, com particular destaque para as réplicas em miniatura das naves Eagle.
Como referenciar: Espaço 1999 in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-24 06:50:12]. Disponível na Internet: