espetroscopia

A espetroscopia é um método físico de determinação da estrutura molecular de um composto. Baseia-se no facto de que ao excitar uma molécula para posteriormente a devolver ao seu estado fundamental, esta emite a energia absorvida sob a forma de radiação eletromagnética que, ao ser analisada permite estudar muitas das propriedades da molécula.
Os espetros são observados mediante a utilização de um espetroscópio, instrumento ótico constituído por um prisma, situado no seu centro, à volta do qual estão localizados três tubos que giram livremente. Um deles contém um colimador e os outros dois lentes. Dos tubos com lentes, o primeiro permite a observação do espetro e o segundo a sua medida.
Existem diversos tipos de espetroscopia.
A espectroscopia de micro-ondas, é levada a cabo com as ondas de comprimento de onda da ordem do mícron e serve para identificar estados cuja diferença é muito pequena.
Utiliza-se para identificar estados nucleares muito próximos e também estados moleculares de rotação.
A espectroscopia de raios X, é uma espetroscopia de grande energia que se utiliza para identificar, nos átomos, eletrões de alta energia.
Quanto à espectroscopia infravermelha (IV), através de ondas com comprimento de onda na zona do infravermelho, permite observar propriedades dos estados de vibração das moléculas que têm energia comparável às referidas ondas.
No que diz respeito à espectroscopia nuclear, esta estuda os espetros do núcleo atómico, assim como a sua atribuição aos diferentes estados excitados do núcleo.
A espectroscopia de ressonância magnética nuclear (RMN) é muito utilizada na análise de compostos orgânicos e faz a investigação das moléculas mediante o estudo da interação entre os seus núcleos e campos magnéticos.
Por fim, a espectroscopia ultravioleta (UV) é uma espetroscopia na zona do ultravioleta, onde se encontram as energias dos espetros eletrónicos. Utiliza-se assim para o reconhecimento dos diferentes níveis eletrónicos do átomo.
Como referenciar: espetroscopia in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-25 14:20:07]. Disponível na Internet: