Estilo romântico

O Romantismo, ao libertar a criação literária dos cânones neoclássicos, ao nível dos géneros, das formas e dos conteúdos, promoveu também a revolução do estilo e a libertação da linguagem literária. Colocando o indivíduo no centro do processo de criação, os românticos tenderam a conceber o estilo como uma extensão natural das suas subjetividades e por isso defenderam uma linguagem espontânea, autêntica, alheia a convenções e peias. A renovação do estilo operada pelos românticos passa, pois, por uma série de fatores, tais como o tom coloquial, o uso de falas familiares e populares, o enriquecimento lexical e metafórico e a variedade métrica.
Como referenciar: Estilo romântico in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-15 06:09:24]. Disponível na Internet: