etnografia

Ramo das ciências humanas que tem por objeto o estudo da cultura de uma comunidade ou de algum dos seus aspetos fundamentais.
A etnografia trata de todas as atividades de determinado grupo (técnicas materiais, organização laboral e social, crenças religiosas, estruturas de parentesco, sistemas de comunicação), consideradas na sua especificidade, com o objetivo de descrever o mais fielmente possível a sua vida, a fim de se atingir a compreensão global do grupo em questão. Assim, ela compõe monografias desses grupos culturais, a partir de trabalhos de campo, da observação direta e da recolha de factos. A metodologia etnográfica é, pois, basicamente qualitativa e pretende registar as manifestações da realidade, tanto as explícitas como as implícitas. Realizada através da interação entre o observador e o observado, permite construir a história do grupo, as suas crenças, os valores que o regem, as linguagens que adota, etc. Deste modo, a fonte principal do conhecimento obtido por métodos etnográficos são os dados provenientes de situações naturais e não experimentais.
Há dois tipos de etnografia: passiva e ativa. A passiva é realizada por iniciativa de etnógrafos, sem que a investigação seja partilhada com os sujeitos observados e descritos. A ativa parte da iniciativa da própria comunidade, sempre que esta pretende fazer de si e da sua cultura um diagnóstico, encomendando, neste caso, esse trabalho a etnógrafos. Assim, enquanto a etnografia passiva não altera em nada a evolução da vida da comunidade, a ativa visa precisamente fazer um balanço da sua vida cultural, com vista a resolver problemas e a enfrentar melhor ou mais eficazmente o futuro.
A etnografia está na base da etnologia e da antropologia. Ela constitui a primeira fase da investigação antropológica, conseguida mediante a recolha de dados e a descrição da cultura. "Etnografia, etnologia e antropologia não constituem três disciplinas ou três conceções distintas dos mesmos estudos. Na realidade, elas são três etapas ou momentos de uma mesma investigação e a preferência por um ou outro destes termos significa apenas que a atenção está dirigida de forma predominante para um desses tipos de investigação, mas nunca pode excluir os outros dois" (1968, Lévi-Strauss - Antropología estructural. Buenos Aires: Eudeba). A etnografia, sobretudo, estabelece a relação entre a teoria antropológica e a realidade cultural, ocupando-se não apenas do objetivo (os factos), como também do subjetivo (os problemas), com a intenção de traçar caminhos que conduzam à solução, aplicando assim a teoria à técnica.
Como referenciar: etnografia in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-21 20:24:22]. Disponível na Internet: