Eubeia

Ilha da Grécia oriental no mar Egeu, separada da parte sul do continente pelo golfo norte de Eubeia (Vórios Evvoikós Kólpos) e o estreito de Euripos (Évripos).
Eubeia tem aproximadamente 145 km de noroeste a Sudoeste e varia entre 6 e 48 km de largura, perfazendo um área de 3885 Km2. A ilha é atravessada por uma cordilheira de montanhas, entre as quais se situam férteis planícies. O monte Delphi é o pico mais elevado, com 1745 metros sobre o nível do mar, no monte Galatsades, que tem de altura 1352 metros, encontram-se águas medicinais sulfúricas e plantas medicinais.
A ilha produz os tradicionais figos, oliveiras, vinhas, muito próprios da cultura mediterrânea; tem criações de gado e de abelhas e também permite a exploração mineira, por exemplo de mármore e magnesite. Esta ilha grega foi conquistada pela Macedónia por volta do ano 338 a. C., e no século XV da nossa era (1470) foi dominada pelos turcos otomanos. A sua autonomia só veio a ser restaurada na década de trinta do século XIX (1830). A sua história confunde-se com a própria história da sua capital, Khalkis (Chalcis ou Chalkis).
Esta é a maior cidade da ilha, situada na Grécia oriental, é a capital do departamento de Eubeia e situa-se no estreito de Evripos, perto de Atenas. A velha cidade de Khalkis, um importante assentamento comercial e manufatureiro, era habitada por jónios. Este povo representava um dos três principais grupos étnicos (Eólios, Jónios e Dórios) dos gregos antigos, terá sido um dos primeiros povos de língua grega a chegarem à Grécia e que possivelmente terá originado a cultura da civilização minoica.
Os Jónios provavelmente terão ocupado a Ática e algumas partes de Eubeia, a maior parte das ilhas do mar Egeu e territórios na Ásia Menor. Este povo tinha uma natural apetência para as artes e as letras, mas, ao contrário das outras duas etnias gregas, eram menos vigorosos em termos militares.
Nos séculos IX e VIII a. C. a cidade servia de base ao estabelecimento de colónias na Macedónia, dando o seu nome à península da Calcedónia, e na Sicília (na Magna Grécia). Posteriormente tornou-se uma possessão de Atenas, em seguida da Macedónia e depois romana; na Idade Média esta comunidade desenvolveu-se sob o domínio da República de Veneza, que se prolongou de 1209 até à ocupação turca, no final do século XV.
Como referenciar: Eubeia in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-25 21:42:05]. Disponível na Internet: