Euclides da Cunha

Escritor brasileiro, nascido em 1866 e falecido em 1909, descendente de portugueses e de sertanejos baianos. Cedo se apaixonou pelo Positivismo de Auguste Comte e por ideais liberais e abolicionistas. Enquanto jornalista, seguiu a fase final da Campanha dos Canudos (1897), estando as reportagens que redigiu na altura na base da estrutura narrativa de Os Sertões (1902). Esta obra monumental abrir-lhe-ia as portas da Academia Brasileira de Letras. Publicou os seus textos ensaísticos em Contrastes e Confrontos (1904). Veio a falecer, vítima de assassínio. À Margem da História, novo livro de ensaios publicado postumamente, prossegue a sua defesa de teses progressistas.
Como referenciar: Porto Editora – Euclides da Cunha na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-11-28 18:05:32]. Disponível em