Eugenio Garin

Filósofo e historiador italiano, nasceu em 1909, em Rieti, mas ainda novo foi com a família viver para Florença, cidade onde residiu a maior parte da sua vida e onde morreu, com 95 anos, a 29 de dezembro de 2004.
Com vinte anos, formou-se em Filosofia na Universidade de Florença e iniciou uma carreira de professor que o levou a lecionar em escolas de Palermo e Florença e, a partir de 1949, nas universidades de Cagliari, Florença e Pisa. Em 1984, reformou-se enquanto professor, mas continuou a presidir ao Instituto Nacional dos Estudos do Renascimento, cargo que manteve até 1988.
Eugenio Garin dedicou-se essencialmente ao Humanismo e ao Renascimento e revolucionou o pensamento filosófico, tendo estabelecido ligações que outros pensadores ignoraram. Eugenio Garin ficou também conhecido pelas suas posições anti-fascistas. Nomeadamente escreveu sobre o escritor e político italiano Antonio Gramsci, um teórico do socialismo, do comunismo e do anti-fascismo que viveu entre 1891 e 1937. Gramsci foi um dos fundadores do Partido Comunista Italiano. Um desses livros, Com Gramsci, foi editado em março de 2005 em Portugal.
Garin contribuiu de forma categórica para a construção moral e intelectual da sociedade italiana após a queda do fascismo.
Ao longo da sua vida, Eugenio Garin publicou diversos livros e ensaios sobre temas como o iluminismo, a astrologia na Idade Média e a influência do humanismo italiano na filosofia de Erasmo.
Um livro sobre o humanismo italiano, L'Umanesimo italiano, editado em 1952, foi considerado a sua obra mais influente. Também importante foi o lançamento, em 1947, de uma história da filosofia italiana, que Garin completou depois do filósofo Giovanni Gentile, um dos seus mentores, ter iniciado o trabalho.
Eugenio Garin foi ainda diretor da revista "Rinascimento" e do jornal "Giornale critico della filosofia italiana" e ao mesmo tempo escreveu artigos para diversas publicações.
O filósofo italiano recebeu durante a sua carreira uma série de prémios e distinções, com destaque para o Prémio Nacional do Presidente da República Italiano, em 2003, e para o prémio carreira da Sociedade Americana do Renascimento, em 2001.
Como referenciar: Eugenio Garin in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-13 11:02:29]. Disponível na Internet: