Eulálio

Este arquidiácono eleito papa secretamente a 27 de dezembro de 418, após a morte de São Zózimo, na basílica de Teodora, disputou a cadeira de São Pedro com o que viria a ser o papa reconhecido, Bonifácio I.
Eulálio acabou por ser desterrado por não ter esperado a decisão do sínodo que se iria realizar em Spoleto (Itália) a 13 de julho de 419 e ter provocado distúrbios ao desrespeitar a ordem imperial de afastamento de Roma até à conclusão do dito sínodo. Este desrespeito, que provocou o afastamento irremediável do papado a 3 de abril do mesmo ano, teve origem na sua crença de que quem celebrasse missa na basílica de São João de Latrão no dia de Páscoa teria direito ao título de bispo de Roma.
Até morrer, em 423, foi bispo de uma diocese na Campânia (Itália), que lhe foi dada como compensação.
Como referenciar: Eulálio in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-17 13:52:25]. Disponível na Internet: