explosivo

Um explosivo consiste numa substância ou mistura de substâncias que, devido ao oxigénio que contém, sofre uma rápida oxidação com libertação de grandes quantidades de energia e formação de gases provocando um aumento repentino da pressão.
O oxigénio necessário para a oxidação pode encontrar-se combinado com o azoto ou com o cloro. Pode também usar-se oxigénio gasoso misturado com substâncias inflamáveis.
Os explosivos podem ser classificados consoante os seus efeitos e a sua aplicação. Assim, existem explosivos propulsores ou deflagradores, cujo efeito é uma deflagração e existem explosivos destruidores ou detonantes, cujo efeito provocado é uma detonação. Os explosivos propulsores, também designados por pólvoras propulsivas ou simplesmente pólvoras, sofrem uma combustão lenta, pelo que possuem um maior efeito impulsor, enquanto que nos explosivos detonadores ou simplesmente explosivos, a reação é muito mais rápida, produzindo explosões mais destrutivas.
Os explosivos detonadores podem dividir-se ainda em explosivos primários ou iniciadores e em explosivos secundários ou de carga. Os explosivos primários são substâncias muito sensíveis ao calor e aos choques como é o caso do fulminato de mercúrio, da azida de chumbo e do trinitrorresorcinato de chumbo. Provocam a explosão de um explosivo propulsor depois de detonarem eles mesmos por efeito de uma faísca, choque ou aquecimento.
O primeiro explosivo propulsivo foi a pólvora e o primeiro explosivo detonante foi a nitroglicerina. Em 1867, o inventor sueco Alfred Nobel (1833-1896) produziu a dinamite misturando nitroglicerina com kieselgur, uma substância inerte parecida com o giz.
Outros explosivos, utilizados atualmente, incluem o trinitrotolueno (TNT), o ANFO (uma mistura de nitrato de amónia e um combustível líquido), que é muito utilizada em detonações, e o tetranitrato de eritritol (PETN), um explosivo muito sensível e muito potente.
Os explosivos militares são na maior parte dos casos baseados em ciclonite, também designada por RDX, que é moderadamente sensível e extremamente poderosa. Podem-se obter explosivos ainda mais poderosos misturando o RDX com TNT e alumínio.
O fabrico, o comércio e a posse de explosivos estão legalmente regulamentados.

Como referenciar: explosivo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-06 11:13:51]. Disponível na Internet: