expressões idiomáticas

Expressões Idiomáticas ou Idiomatismos ou idiotismos são construções ou expressões peculiares a uma língua; locuções ou modos de dizer característicos de um idioma, habitualmente de carácter familiar ou vulgar e que se não traduzem literalmente em outras línguas. São expressões de uso comum, cuja interpretação ultrapassa o sentido literal, e que devem ser entendidas globalmente e não pelo sentido de cada uma das suas partes.
As expressões idiomáticas (existentes em todas as línguas) são manifestações espontâneas de criatividade, de capacidade de criar imagens e de captar emoções. Para além disso, pelo uso da função poética da linguagem, são de fácil memorização. Quando utilizamos a expressão "abrir a alma", estamos a utilizar uma forma idiomática, uma frase feita que significa "desabafar".

Outras expressões idiomáticas frequentemente utilizadas: "abrir a boca" (comunicar); "abrir o coração" (desabafar); "abrir o jogo" (denunciar, dar a conhecer); "abrir os olhos a alguém" (convencer); "acordar de rabo para o ar" ou "acordar com os pés de fora" (quando alguém está mal disposto logo pela manhã); "meter a foice em seara alheia" (intervir em assunto que não lhe diz respeito); "tirar a água do capote" (livrar-se de responsabilidades).
Como referenciar: expressões idiomáticas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-26 08:13:03]. Disponível na Internet: