Fadwa Tuqan

Poetisa palestiniana, Fadwa Tuqan nasceu a 1 de março de 1917, em Nablus (norte da Cisjordânia).
Apesar de ter sido criada num ambiente conservador, a sua poesia apresenta, por um lado, uma consciência nacionalista e política, por outro, um sentido critico à sociedade árabe pela sua violência, pela maneira como explorava as mulheres, entre outros assuntos.
Fadwa Tuqan conheceu o mundo da poesia através das orientações do irmão, Ibrahim Tuqan, escritor e diretor da rádio palestiniana. Fadwa começou por escrever em formas poéticas tradicionais, passando, em seguida, para o verso livre da poesia árabe. A liberdade poética e o sentido crítico presentes na poesia de Fadwa Tuqan revelaram-se a partir de 1948, ano em que morreu o seu pai e em que foi criado o Estado de Israel. Nessa altura, surgiram as primeiras obras de Fadwa Tuqan: My Brother Ibrahim (1946, tradução inglesa; Meu Irmão Ibrahim, tradução portuguesa), Alone With The Days (1952, tradução inglesa; Sozinha com os Dias, tradução portuguesa), Give Us Love (1960, tradução inglesa; Danos de Amor, tradução portuguesa) e Before The Closed Door (1967, tradução inglesa; Antes da Porta Cerrada, tradução portuguesa). Entre 1962 e 1964, Fadwa Tuqan foi estudar língua e literatura inglesas para a Universidade de Oxford, em Londres e, em seguida, viajou pela Europa e pelo Médio Oriente. A sua poesia passa, então, a descrever a vida no exílio e a descrever também, numa atitude ainda mais nacionalista, o tempo de ocupação de Israel que, em 1967, passou a governar Nablus. Em 1985, Tuqan publicou a sua autobiografia, traduzida para inglês em 1990, com o título de A Mountainous Journey. A sua última obra literária foi Mártires da Intifada.
Considerada a mais importante poetisa palestiana, Fadwa Tuqan ganhou vários prémios internacionais de poesia, destacando-se, em 1990, o Prémio de Jerusalém para a Cultura e Arte e o Prémio dos Emirados Estados Árabes. Em 1999, a poetisa foi objeto de um documentário dirigido por Liana Bader.
Em consequência de um ataque cerebral, Fadwa Tuqan morreu a 12 de dezembro de 2003, em Nablus.
Como referenciar: Fadwa Tuqan in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-09 16:06:03]. Disponível na Internet: