Fátima Lopes

Apresentadora portuguesa de televisão, Fátima Lopes nasceu a 13 de maio de 1969.
Atraída pelo mundo dos média tirou o curso de Comunicação Social na Faculdade de Ciência Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com especialização em Publicidade e Marketing. Paralelamente, teve a sua primeira experiência profissional e com vinte anos começou a escrever sobre espetáculos no jornal Diário Popular, onde esteve até este encerrar em 1991. Também trabalhou, ainda na área dos espetáculos, na Rádio Minuto. Em simultâneo, participou na escrita de guiões para filmes sobre o concelho de Loures no Departamento Audiovisual da câmara local.
Fátima Lopes terminou o curso no mesmo ano em que ficou desempregada devido ao encerramento do Diário Popular. Em setembro desse ano, 1991, começou a trabalhar na revista mensal Em Forma, na área do marketing. Desempenhou essa função durante um ano e a partir daí passou a gerir a imagem do Grupo Económico, que detinha várias publicações na área da economia. Antes de trabalhar em televisão, era gestora de conta numa empresa de audiotexto que trabalhava com a SIC, estação privada de televisão. Por esse motivo, Fátima Lopes passava bastante tempo nas instalações da SIC, onde lhe chamavam "a menina dos telefones". Um dia, foi chamada para uma reunião com o então diretor de programas do canal, Emídio Rangel, que a convidou a participar num casting destinado a encontrar uma substituta para Alexandra Lencastre na apresentação do programa "Perdoa-me" e conseguiu o lugar.
Fez bastante sucesso como apresentadora e, mal terminou o programa, Emídio Rangel convidou-a para apresentar "All You Need Is Love", desta vez em substituição de Lídia Franco. Foi de novo um sucesso e no verão de 1995, após o programa terminar, Fátima Lopes passou a apresentar galas internacionais de moda. No final do verão começou a apresentar um novo programa, o "Surprise Show", outro sucesso a nível de audiências. Depois disso, fez novas séries do "All You Need Is Love", do "Surprise Show" e de desfiles internacionais e nacionais de moda.
Em 1998, teve direito a um programa com o seu nome "Fátima Lopes", transmitido diariamente nas tardes da SIC, que abordava temas sociais.
Seguiu-se um novo sucesso com a apresentação do "SIC 10 Horas" que, em finais de 2005, foi substituído pelo programa "Fátima" com o objetivo de fazer uma ligação mais íntima com o telespectador.
Como referenciar: Fátima Lopes in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-14 11:04:45]. Disponível na Internet: