Fernando Balsinha

Jornalista português, Fernando Balsinha frequentou a Faculdade de Medicina de Lisboa, mas pouco tempo antes de terminar o curso abandonou os estudos para se dedicar ao jornalismo televisivo. Só mais tarde retomaria os estudos, mas para se licenciar em Relações Internacionais na Universidade Independente.
Em 1973, entrou para a Radiotelevisão Portuguesa (RTP) e, logo no ano seguinte, no 25 de abril, ganhou grande notoriedade ao ser o jornalista que leu na televisão o primeiro comunicado do MFA após a deposição da ditadura. Depois, foi Diretor da RDP-Açores, diretor de Informação da RTP e delegado da RTP em Bruxelas, na Bélgica, onde dirigiu a primeira delegação da estação pública fora de Portugal.
Saiu então da RTP para ser porta-voz do conselho de ministros europeu quando Portugal assumiu a presidência do mesmo em 1992. Seguiu-se o cargo de assessor de imprensa de João de Deus Pinheiro quando este foi comissário europeu.
Em 1995, Fernando Balsinha regressou à RTP para integrar a administração da empresa, passando depois a diretor das Relações Internacionais, cargo que ocupava quando morreu, a 8 de março de 2003, em Lisboa.
Como referenciar: Fernando Balsinha in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-17 13:49:36]. Disponível na Internet: