Fernando Esquio

Trovador oriundo da nobreza galega, com atividade poética em fins do século XIII ou início do século XIV. Presente nos cancioneiros quinhentistas Cancioneiro da Vaticana e Cancioneiro da Biblioteca Nacional com duas cantigas de amor, quatro cantigas de amigo e três cantigas de escárnio e maldizer.
Como referenciar: Porto Editora – Fernando Esquio na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-20 06:06:59]. Disponível em