Fernando Nobre

Médico português, Fernando José de La Vieter Ribeiro Nobre nasceu em 1951, em Luanda, Angola.
Aos treze anos, mudou-se com os pais para Leopoldville, no Congo, mas, três anos mais tarde, em 1967, foi estudar para Bruxelas, na Bélgica. Doutorou-se em Medicina na Universidade Livre de Bruxelas e tornou-se especialista em Cirurgia Geral e Urologia. Ainda em Bruxelas, foi assistente na Faculdade de Medicina da Universidade Livre, assim como assistente nos serviços de Cirurgia Geral e Urologia dos Hospitais Universitários da mesma instituição de ensino. Ainda a viver na Bélgica foi administrador dos Médicos Sem Fronteiras (Médecins Sans Frontières - MSF), em 1982 e 1983.
Criou também, em 1984, a Fundação Assistência Médica Internacional (AMI), uma organização não governamental (ONG) da qual se tornou presidente e que funciona em regime de voluntariado. Em 1985, Fernando Nobre mudou-se para Portugal, onde só tinha estado uma vez de férias, dez anos antes, mas continuou à frente da AMI. A AMI tem por objetivo organizar intervenções de carácter médico e humanitário em situações de subdesenvolvimento, fome, catástrofes naturais, epidemias, guerras, etc. Fernando Nobre participou como médico cirurgião, ao serviço da MSF e da AMI, em mais de 200 missões de estudo, de coordenação e de assistência médico-cirúrgica humanitária. Estas missões tiveram lugar em mais de 60 países, nomeadamente em Moçambique, Angola, Brasil e, por exemplo, nas zonas atingidas pelo tsunami, em finais de 2004, no Sudeste Asiático. A AMI também atua em Portugal, nomeadamente junto dos sem-abrigo.
Fernando Nobre fundou e é vice-presidente da VOICE (Voluntary Organization in Cooperation for Emergencies), uma instituição com sede em Bruxelas.
Em 1998, foi nomeado presidente na Plataforma Nacional das ONG Portuguesas.
Ao longo da sua vida, Fernando Nobre recebeu diversas distinções, a primeira das quais ainda trabalhava na Bélgica, em 1984, quando ganhou o Primeiro Prémio da Associação Europeia de Urologia, em Copenhaga, na Dinamarca.
Em Portugal, foi nomeado Grande-Oficial da Ordem do Mérito, recebeu a Medalha de Ouro da Assembleia da República e um doutoramento Honoris Causa da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.
Fernando Nobre é ainda membro correspondente da Sociedade Real Belga de Cirurgia, da Associação Europeia de Urologia e membro da Associação Portuguesa de Urologia.
Em 2004, escreveu e lançou um livro sobre a sua participação em missões humanitárias.
Como referenciar: Fernando Nobre in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-17 05:15:36]. Disponível na Internet: