fibra química

As fibras podem ser de comprimento limitado (fibras em sentido estrito) ou praticamente indefinido (filamentos). Podem estar isoladas ou agrupadas em blocos.
Estas dividem-se principalmente em fibras naturais e fibras sintéticas (antes denominadas artificiais).
As fibras têm larga aplicação industrial e mediante combinações (por exemplo, fibras naturais e sintéticas) podem adaptar-se às características do uso desejado.
A maioria das fibras podem ser utilizadas no fabrico de tecidos, feltros, linhas ou fios para têxteis, artigos para costura, malhas e cordas.
Além do seu importante papel no setor industrial, as fibras naturais têm grande importância fisiológica como substâncias estruturais e de suporte e, como componentes dos alimentos (matéria inerte), cumprem uma importante função na nutrição.
As fibras químicas podem ser de polímeros naturais: fibras de base celulósica, fibras de alginato, fibras de cauchu, fibras proteicas vegetais e fibras proteicas animais ou de polímeros sintéticos: produtos de polimerização, produtos de policondensação, produtos da poliadição e fibras de outros produtos.
A análise qualitativa e quantitativa de fibras que nesta última tem por fim determinar a qualidade das fibras através da incineração, destilação a seco, provas de solubilidade e capacidade de absorção, tingimento, observação microscópica, assim como provas sobre determinadas propriedades, como a densidade, luminescência, estrutura, relação entre torção e resistência e ponto de fusão.
A análise quantitativa utiliza-se para determinar as percentagens dos componentes das fibras, através de classificação mecânica, contagem microscópica, sedimentação (separação dos componentes de diferentes densidades), dissolução em produtos que atacam determinados componentes.
A determinação qualitativa e quantitativa de produtos alheios à fibra (desperdícios, acabamentos, corantes, matizantes, ácidos, lixívias, sabões calcários) realiza-se através de corantes e reagentes, provas químicas, dissoluções e outros métodos. Também faz parte da análise das fibras a determinação de substâncias anexas, como gorduras e sujidades, manchas e restos vegetais.
Como referenciar: fibra química in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-12-06 00:49:00]. Disponível na Internet: