filotaxia

A filotaxia é a maneira como as folhas e rebentos axilares se dispõem no caule ou nos ramos. É determinada pela inserção dos gomos e é característica da espécie.
Muitas plantas apresentam uma filotaxia espiral ou alterna significando que têm uma folha em cada nó. O vidoeiro (gén. Fagus) , o carvalho (gén. Quercus) e o agave (gén. Agave) têm filotaxia espiral. Se as folhas formam duas filas ao longo do ramo e no mesmo plano a filotaxia denomina-se disticada, como acontece no gengibre e na ervilheira (Pisum sativa). As plantas com filotaxia oposta apresentam duas folhas por nódulo como acontece no carvalho silvestre (gén. Acer) e no freixo (gén. Fraxinus). Quando os pares de folhas nos sucessivos nós fazem ângulo reto entre si a filotaxia é entrecruzada, como acontece nas plantas do género Coleus, conhecidas popularmente como begónias.
Quando as plantas possuem três ou mais folhas em cada nó (e muitas atingem as 25 folhas por nó) a filotaxia denomina-se verticilada. O loendro (Nerium oleander) e a cavalinha (Equisetum) têm filotaxia verticilada. A filotaxia designa-se arrosetada, quando os entrenós são muito curtos e a folhas ficam muito juntas como acontece no taráxaco (Taraxacum vulgare).
A filotaxia é independente da forma da folha e pode ser descrita matematicamente, já que a divergência de duas folhas é o ângulo diedro definido por dois planos que passam pelo eixo do ramo ou do caule e pelo ponto de inserção de duas folhas sucessivas. Este ângulo diedro mede a divergência, e os botânicos determinam-no por uma fração cujo numerador é o número de voltas da espiral partindo de uma folha inicial e passando pela inserção de todas as folhas, até encontrar uma folha que esteja na mesma geratriz que a primeira. O denominador da fração é o número de folhas descontando a da partida ou a da chegada.
Como referenciar: filotaxia in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-07 01:52:18]. Disponível na Internet: