Fim de Século

Subintitulado Histórias do meu tempo, o volume é composto por textos a meio caminho entre o conto e o folhetim, por vezes inspirados em notícias saídas na imprensa. A crítica de costumes visa sobretudo o casamento e a constituição da família burguesa ("Um casamento da moda"), o tipo da mulher coquette ("Faz bem... mas vê a quem", "A soirée da prima-dona") e os pecados do clero ("Um drama em Braga"). O narrador faz questão de assinalar constantemente a moralidade das narrativas, mesmo quando afirma o oposto: "E a moralidade do conto, perguntará o leitor? Desculpe, mas este conto não tem moralidade. É talvez a sua única originalidade." (in "Um casamento da moda").
Como referenciar: Fim de Século in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-19 17:25:55]. Disponível na Internet: