Fonte do Ídolo

O Tanque do Quintal do Ídolo, também designado Fonte do Ídolo, situa-se na Rua do Raio, freguesia de S. José e S. Lázaro, na cidade de Braga.
O santuário rupestre localiza-se numa parede rochosa donde brota uma fonte.
A obra foi encomenda, como consta da inscrição situada no topo superior esquerdo, por Celicus Fronto, da gens (família) dos Ambimogidi (Ambimogodos), natural de Arcobriga, que no monumento aparece representado, do lado direito, sob a forma de busto masculino dentro de uma edícula. No frontão estão ainda representados os símbolos das divindades Tongo Nabiagus (o martelo) e Nabia (a pomba). Na base deste nicho brota a referida fonte, cuja água corre para um tanque. Do lado direito, junto à inscrição que perpetuou o encomendante, uma escultura de vulto imperfeito representa uma figura masculina togada segurando em ambas as mãos um objeto que tem sido interpretado, pela maioria dos autores, como uma cornucópia. A figura, como parece ser consensual, representa a divindade.
Neste santuário foi ainda encontrada uma ara consagrada à deusa Nabia.
A Fonte do Ídolo está classificada como Monumento Nacional por decreto de 16 de junho de 1910.
Como referenciar: Fonte do Ídolo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-22 18:32:35]. Disponível na Internet: