Fortunato de Almeida

Distinto professor do ensino liceal e grande historiador, Fortunato de Almeida Pereira de Andrade nasceu a 15 de abril de 1869, em Coimbra, e morreu a 27 de setembro de 1933, em Vilar Seco.
Fortunato de Almeida consagrou toda a sua vida ao estudo e ao ensino, legando uma obra de alto mérito, que evidencia o seu trabalho de mestre e investigador. Para além da sua atividade de docente, concebeu uma valiosa obra historiográfica, dando continuidade ao trabalho de Alexandre Herculano e de Henrique da Gama Barros, seus mestres. A História da Igreja em Portugal (1910-1928) é uma obra em que Fortunato de Almeida consegue reunir uma variedade de informação bibliográfica, colhida em diferentes livros e documentos, com um poder de síntese elevado e uma grande capacidade de interpretação histórica.
A História de Portugal (1922-1929) é uma vasta exposição que se estende da Lusitânia pré-histórica até ao fim do reinado de D. Manuel II. Como o título anterior, é uma obra monumental, de fôlego admirável se for tido em conta que é produto do trabalho de um só autor.
Além destas duas obras maiores, Fortunato de Almeida publicou vários manuais escolares e outros estudos, de entre os quais se destacam: O Infante de Sagres, A Questão Social e História das Instituições em Portugal.
Como referenciar: Fortunato de Almeida in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-18 14:40:09]. Disponível na Internet: