Franz Alexander

Médico e psicanalista, Franz Gabriel Alexander nasceu em 1891, em Budapeste, e formou-se em Medicina na Universidade da mesma cidade. Começou por realizar diversas investigações sobre a fisiologia do cérebro e neuropsiquiatria, mas foi-se interessando progressivamente pela Psicanálise, tendo sido um dos primeiros investigadores a integrar o Instituto Psicanalítico de Berlim. Em 1921 ganhou um prémio concedido por Freud pelo seu estudo The Castration Complex in the formation of Character. Freud considerava-o como um dos analistas mais brilhantes da sua geração. Nos anos seguintes proferiu diversas conferências e em 1927 publicou uma obra intitulada The Psychoanalysis of the Total Personality na qual desenvolve a teoria do superego.
Nos princípio dos anos 30 emigrou para os Estados Unidos e iniciou um novo período da sua vida. Começou por lecionar Psiquiatria e Psicanálise na Faculdade de Medicina da Universidade de Chicago, criou e dirigiu o Instituto de Psicanálise de Chicago, foi presidente de diversas associações e sociedades, fundou e dirigiu a revista Psychosomatic Medicine e pertenceu ao conselho redatorial de várias revistas científicas. Trabalhou ainda, de 1938 a 1956, no departamento de psiquiatria da faculdade de Illinois e teve oportunidade de criar, coordenar e dinamizar inúmeros projetos de investigação. Quando morreu em 1964 preparava-se para publicar diversos trabalhos.
Franz Alexander ficou sobretudo conhecido pelo facto de ter sido um dos pioneiros da medicina psicossomática, bem como das psicoterapias breves. Discípulo de Ferenczi, Alexander desenvolveu uma teoria denominada experiência emocional corretiva, defendendo que a cura de uma neurose não passava pela simples rememoração de uma experiência emocionalmente intensa. Sustentava que para se ultrapassar uma neurose era necessário que o paciente revivesse, num novo clima, uma experiência corretiva que pudesse destruir os traumatismos do passado. Obras mais importantes de Alexander:
1924, The Castration Complex in the formation of Character
(1927) 1938, The psychoanalysis of the Total Personality
(1929) 1956, Theory of the Ego to the Neuroses
1946, Psychoanalytic therapy
1950, Psychosomatic Medicine: Its principles and the applications
1960, The western Mind in Transition: an Eyewitness Story
1962, The Scope of Psychoanalysis
Como referenciar: Franz Alexander in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-13 13:02:58]. Disponível na Internet: