Frecha da Mizarela

Queda de água, precipitada com alguma violência de uma altura que ronda os 70 metros. Situa-se próximo da nascente do rio Caima, no alto da serra da Freita, entre Vale de Cambra e Arouca, mais concretamente na freguesia de Albergaria da Serra, anteriormente conhecida por Albergaria das Cabras. A sua origem está relacionada com as características do substrato rochoso da região: aqui predominam o granito e o micaxisto, facilmente erodidos pelo curso de água.
Próximo existe um miradouro que permite contemplar esta queda de água, com toda a sua beleza natural, considerada o ex-líbris da serra, sendo a maior do país e uma das mais altas da Europa. Em alternativa, pode ser observada a partir do lugar da Castanheira, do outro lado da encosta. Em Castanheira também se pode observar o fenómeno geológico das Pedras Parideiras.
A Frecha da Mizarela foi cenário do romance intitulado "Mulheres da Beira", de Abel Botelho, e é um dos pontos incluídos nos percursos das marchas organizadas, nas incursões que se efetuam na área da serra da Freita.
Como referenciar: Frecha da Mizarela in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-07 02:16:11]. Disponível na Internet: