Frederico Guilherme I da Prússia

Frederico Guilherme (1688-1740), o "Rei Sargento", filho de Frederico I, nasceu em Berlim e morreu em Potsdam. Foi rei da Prússia entre 1713-1740. Frederico Guilherme é dominado por três paixões: a ordem, o exército e o dinheiro. Quando chegou ao trono, vendeu as joias, móveis e pratas deixadas pelo seu pai, diminuiu para metade os oficiais do paço, despediu uma boa parte da criadagem e adotou uma vida de austera economia na corte e no estado. Constata que a Prússia não passa de um pequeno reino, rodeada de inimigos, e, como tal, há que defendê-la e alargá-la. Para tal, organizou o melhor exército do seu tempo, imprimindo-lhe uma disciplina severa e mantendo-o sempre em boa forma física, através de exercícios constantes. Com o Tratado de Utreque (1713), que pôs termo à Guerra de Sucessão de Espanha, Frederico Guilherme vê serem-lhe atribuídos o Alto Gueldre e o ducado de Clèves. A guerra do Norte, na qual só intervém no momento crucial, deu-lhe a Pomerânia sueca. No seguimento da obra de colonização dos seus antecessores, recebeu calvinistas franceses, que fundaram 352 aldeias e 6 cidades. Apadrinhou os lavradores, construindo para os seus filhos milhares de escolas. Acabou com a servidão e defendeu os camponeses do abuso dos senhores. Quando morreu deixa um país próspero e seguro.
Como referenciar: Porto Editora – Frederico Guilherme I da Prússia na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-27 13:29:40]. Disponível em