Fucáceas

Família de plantas aquáticas geralmente marinhas do filo dos feófitos. São as principais plantas marinhas das regiões temperadas e frias. Dominam os litorais rochosos de várias regiões do mundo.
Os talos das Fucáceas são parenquimatosos, na forma de fita ou cilíndricos, com ramificações laterais achatadas. A ramificação é dicotómica. O crescimento do talo ocorre por divisões em vários planos da célula apical única em forma de tronco de pirâmide quadrangular. Algumas espécies podem conter nos talos vesículas cheias de gás que permitem a flutuabilidade aos talos grandes submersos. Na extremidade dos eixos ou nos ramos laterais, desenvolvem-se recetáculos que são regiões férteis. Na maturidade, os recetáculos dilatam-se e aí se localizam os gametângios agrupados em cavidades esféricas corticais, denominadas concetáculos. A reprodução é sexuada, com um ciclo haplonte, meiose gamética e singamia oogâmica. Em diferentes espécies os concetáculos podem ser quer dioicos quer monoicos.
O género mais comum é o género Fucus, género tipo, com várias espécies existentes em Portugal.
As Fucáceas possuem clorofila a e c e um pigmento castanho, fucoxantina, que mascara a cor verde da clorofila. Armazenam o alimento sob a forma de um polissacarídeo pouco comum, a laminarina, e, por vezes, sob a forma de óleo. Nunca armazenam amido.
Como referenciar: Porto Editora – Fucáceas na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-11-29 08:10:01]. Disponível em