Gabão

Geografia
País da África Ocidental, atravessado pelo equador. Abrange uma área de 267 667 km2 e faz fronteira com a Guiné Equatorial, a noroeste, os Camarões, a norte, e a República do Congo, a leste e a sul, sendo banhado, a oeste, pelo oceano Atlântico. As cidades mais importantes são Libreville, a capital, com 684 800 habitantes (2004), Port-Gentil (120 600 hab.), Franceville (42 500 hab.), Oyem (24 300 hab.) e Moanda (29 800 hab.).
Uma densa floresta equatorial cobre cerca de 3/4 do país.
Clima
O clima é equatorial, com temperaturas médias bastante elevadas e precipitações muito abundantes, em especial, entre outubro e maio.

Economia
O Gabão tem uma economia que assenta na indústria extrativa, na exploração florestal e na agricultura. O petróleo constitui a principal fonte de receitas do país, sendo também importantes as reservas de manganésio, urânio e o gás natural. Na agricultura, as principais produções são o inhame, a mandioca, a banana, a cana-de-açúcar, o milho, o amendoim, o óleo-de-palma, o cacau e o café. Os principais parceiros comerciais do Gabão são a França, os Estados Unidos da América, o Japão e a Espanha.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas, 1999), é de 3,0.

População
A população é de 1 424 906 habitantes (2006), o que corresponde a uma densidade populacional de 5 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 36,16%o e 12,25%o. A esperança média de vida é de 54,49 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,653 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) não foi atribuído (2001). Estima-se que, em 2025, a população seja de 1 433 000 habitantes. Cerca de 36% da população pertence à etnia Fang, 15% à Mpongwé, 14% à M'Bédé, 12% à Punu e 23% distribuem-se por outras pequenas etnias. As preferências religiosas dividem-se entre o catolicismo, com 66%, o protestantismo, com 19%, e as crenças tradicionais, com 18%. A língua oficial é o francês, mas, no entanto, existem 40 dialetos diferentes.

História
Em 1960, o Gabão tornou-se independente da França. Durante essa década, a luta pelo poder gerou alguns conflitos, mas desde a década de 1970 tem sido um país politicamente estável. O regime é fortemente presidencialista. O presidente da República é, desde 1967, Omar Bongo.
Como referenciar: Gabão in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-23 05:15:59]. Disponível na Internet: