galactose

A galactose consiste num açúcar simples (monossacarídeo), de fórmula C6H12O6, estereoisómero com a glucose, pertencente ao grupo das aldo-hexoses (compostos químicos orgânicos com seis átomos de carbono, possuindo um grupo aldeído terminal (-CHO)) que na sua forma dextrogira (D) se forma por dissociação eletrolítica da lactose (açúcar do leite).
A galactose pode ser hidrolisada por enzimas pertencentes à classe das hidrolases designadas galactosidades. A galactose, além de ser componente da lactose, também ocorre naturalmente nalguns oligossacarídeos e polissacarídeos, que se encontram nas pectinas, na goma-arábica e nas borrachas, e nalguns cerebrósidos.
Quando a presença da galactose no sangue excede a quantidade máxima admitida, esta pode provocar a designada galactocemia. Esta doença caracteriza-se pela dificuldade do organismo para metabolizar a galactose do leite em glicose, isto é, uma deficiência numa das enzimas que faz a interconversão de oses.

Como referenciar: galactose in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-17 20:31:31]. Disponível na Internet: