Garoto

Banda luso-hispano-brasileira fundada em Lisboa em 1999, começou como uma brincadeira de duas amigas e um amigo espanhóis que, ensaiando numa pequena casa pertinho da Basílica da Estrela, se entretinham a escrevinhar algumas canções, sem pretensão de as tornarem públicas. À guitarra, baixo e bateria juntar-se-iam, no ano seguinte, a percussão, mais guitarras e um trompete e, na sequência do crescimento do agrupamento, o projeto Garoto torna-se uma coisa mais séria, atuando em alguns bares madrilenos. Apesar disso, sem conseguirem um impacto significativo, os Garoto separam-se e, no final de 2001, não mais resta do projeto do que a ruína de uma brincadeira. Contudo, três anos mais tarde, Irene Caracol (voz e guitarra) decide recuperar a ideia primitiva e, com Jorge Rivotti (voz e guitarra), Filipe Simões (percussões) e Marco Torre (tuba) formam o corpo dos Garoto. Mais crescidos e após intensas noites de ensaios e tentativas, gravam a primeira maquete, em 2004. Com expressão em três línguas (português, castelhano e francês), o grupo começou a apresentar-se em palcos discretos mas não tardou até que a sua fórmula revigorante de mistura de estilos chamasse a atenção de uma grande editora. O primeiro registo, chegado às lojas em 2006 e editado pela Sony BMG, era o primeiro passo de um projeto marcado pela inovação e pelo inteligente cruzamento de géneros e culturas musicais tão distintas quanto os ritmos brasileiros e portugueses, as filosofias latinas e as modernas percussões da música contemporânea.

Discografia
2006, Garoto

Como referenciar: Garoto in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-22 12:53:04]. Disponível na Internet: