geografia

A geografia é a ciência que procura descrever e explicar os diversos aspetos da superfície terrestre, designadamente as suas características, padrões e inter-relações e averiguar como estes fatores influenciam a distribuição do homem e as suas múltiplas atividades.
O seu método é baseado, portanto, na observação e comparação dos factos geográficos. A sua localização, as suas características e causas comuns permitem estabelecer leis, ou melhor, regras gerais ou generalizações. Os gregos foram os primeiros a sistematizar os conhecimentos geográficos. Foram eles que criaram a palavra geografia (geo= terra, graphein= descrever).
A geografia encontra-se estruturada em vários ramos. A geografia humana estuda a relação entre as variações geográficas e o volume, composição, movimento e aumento das populações. A biogeografia estuda os problemas da distribuição da vida, tanto vegetal como animal, encontrando-se estritamente ligada à biologia e à ecologia. A geografia económica encontra-se intimamente ligada aos vários ramos da economia, já que estuda o comércio mundial em termos de produção, o transporte de mercadorias, a sua comercialização e consumo. A geografia matemática, ao estudar a forma, os movimentos e as dimensões da Terra, aparece ligada à astronomia e à geodesia, que por sua vez está liga à cartografia (técnica para a elaboração de mapas). A geografia física dedica-se às estruturas físicas do planeta, debruçando-se ainda sobre os aspetos climáticos que o condicionam e sobre a oceanografia. A geologia aparece aqui como a ciência de âmbito interferente, mais ligada à geografia física. A geografia política dedica-se ao estudo das divisões do mundo em diferentes Estados. Trata-se de uma divisão artificial, projetada pelo homem, que nada tem em comum com a geografia regional, que divide o mundo em regiões que se diferenciam por acidentes físicos, e não por fronteiras políticas. A geografia histórica debruça-se sobre a evolução da Terra tendo, por um lado, a paleogeografia como auxiliar e, por outro, o estudo das descobertas, da exploração, das mudanças políticas e da descolonização ao longo dos tempos. Visando a solução de problemas socioeconómicos, a interpenetração de todos os ramos da geografia possibilita o aparecimento da geografia aplicada.
Apresentam-se assim à observação do geógrafo combinações especiais muito diversas. Este descreve e analisa os diferente elementos que compõem a porção do espaço estudado, depois procura e interpreta todas as relações possíveis entre estes elementos.
Como referenciar: geografia in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-18 06:02:03]. Disponível na Internet: