Giacomo Agostini

Motociclista italiano, Giacomo Agostini nasceu a 16 de junho de 1942, em Bréscia, na Itália, tendo-se mudado com a família para a cidade de Lovere, perto de Bergamo.
Em 1964 teve a primeira oportunidade no mundo do motociclismo, substituindo Provini, um dos corredores da equipa da Morini. Na sequência da sua prestação naquela competição, a MV captou o potencial de Agostini e, sob orientação de Mike Hailwood, o italiano integrou a equipa escolhida para competir no Campeonato do Mundo de Motociclismo. Ao volante de uma moto de 350 centímetros cúbicos (cc) alcançou aquela que foi a sua vitória mais significativa em 1965. Ainda assim, a sua prestação não foi suficiente para fazer a MV chegar ao primeiro lugar do pódio.
Em 1966 ficou sozinho naquela equipa, depois de o seu companheiro, Hailwood, ter assinado pela Honda. Tornaram-se rivais competindo em 1966 e 1967; Agostini sagrou-se vencedor nos 350cc e na categoria dos 500cc. No final da época de 1967, a Honda abandonou as competições de motocicismo. Nos campeonatos do Mundo as vitórias seguiam-se para a equipa de Agostini.
Em 1973 a MV contratou o inglês Phil Read para ser o companheiro de equipa de Agostini. O seu novo parceiro conseguiu ganhar o campeonato dos 500cc e, o italiano, decidiu abandonar a MV em 1974, assinando pela Yamaha.
No ano em que se estreou por aquela equipa totalizou sete vitórias (cinco nos 350cc e duas nos 500cc). Em 1975 o número de títulos diminuiu e, um ano mais tarde, repetia o feito com que se tinha iniciado no motociclismo: uma vitória nos 350cc e outra nos 500cc sem, contudo, conseguir arrebatar o 1.º lugar.
A 22 de dezembro de 1977 Agostini anunciou que se retirava das competições, depois de ter conseguido totalizar 311 vitórias ao longo da sua carreira de 12 anos: 112 Grandes Prémios, 12 TT's, 18 Campeonatos de Itália e 15 Campeonatos do Mundo.
Como referenciar: Giacomo Agostini in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-26 06:38:57]. Disponível na Internet: