Giuseppe Belli

Poeta italiano, nascido em 1791 e falecido em 1863, cujos sonetos vernaculares intitulados I Sonetti, veiculam a visão e costumes dos plebeus romanos. Compostos entre 1827 e 1849, foram mantidos em segredo pelo autor, em virtude da sua natureza satírica, erótica e blasfema. Ao longo de 2000 sonetos, Belli apresenta uma comédia humana que engloba a Bíblia, a história romana, e as vidas quotidianas de personagens como papas, prostitutas e judeus. Fazendo uso de todas as potencialidades da língua italiana, explora uma vasta gama de registos poéticos.
Como referenciar: Giuseppe Belli in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-11 17:28:47]. Disponível na Internet: