GPL

A sigla GPL significa gás de petróleo liquefeito. O GPL consiste numa mistura de hidrocarbonetos com três ou quatro carbonos. São gasosos em condições normais de pressão e temperatura e mantidos no estado líquido, por elevação da pressão e abaixamento da temperatura. Os mais comuns são o propano e o butano, gases mais densos que o ar, pelo que tendem a ocupar as zonas mais baixas no caso de serem libertados para a atmosfera.
A principal aplicação do GPL é como combustível alternativo para os automóveis. As vantagens são as suas baixas emissões, o preço e o elevado índice de octano. As desvantagens são o seu armazenamento e só apresenta 80% de autonomia.
Os veículos que funcionam com GPL devem obedecer ao regulamento relativo às características técnicas dos veículos automóveis que utilizam gases de petróleo liquefeitos.
Como referenciar: GPL in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-16 15:50:02]. Disponível na Internet: