Gregório X

Papa italiano, tinha desempenhado o ofício de arquidiácono de Lieja e o seu nome era Teobaldo Visconti. Provinha de uma família nobre e tinha estudado em Paris, destacando-se pelo seu brilhantismo intelectual.
Não tinha sido ordenado até à data da sua eleição como papa, a 1 de setembro de 1271, tendo-se dirigido a Viterbo quando recebeu a notícia e sendo ordenado e consagrado na basílica de São Pedro, em Roma, a 27 de março de 1272.
Este papa conseguiu que, após uma distanciação de largos anos, se voltassem a unir as Igrejas do Oriente e do Ocidente. Para tal, propôs ao imperador Miguel VIII um acordo em que uma porção do clero bizantino se comprometeria a reconhecer a supremacia da Sede de Roma e a integridade da fé da mesma. Havendo no início fortes reticências, sobretudo por parte do teólogo João Becco e pelo patriarca José de Constantinopla e seus apoiantes, em fevereiro do ano 1274 já o imperador oriental conseguira que estes aderissem à proposta, assim como uma quarentena de bispos e diversos membros do clero.
Gregório X convocou um concílio em Lyon, em abril de 1273, para tratar de assuntos como a reforma da Igreja, as relações com a zona oriental e a cruzada. Propiciou igualmente a eleição de um novo imperador ocidental, uma vez que desde a morte de Frederico II, em 1250, ninguém tinha auferido deste título que transportava consigo a responsabilidade moral de defender a cidade de Roma. Esta medida era também necessária para limitar a vontade expansionista do rei siciliano Carlos de Anjou. Foi assim que Rodolfo de Habsburgo foi indigitado para o cargo, num concílio realizado em Lyon em 1274, não chegando a ser coroado por Gregório X porque este entretanto faleceu vítima de febre. A morte desde pontífice, que um papel tão importante desempenhou na história da Igreja pelas suas iniciativas, deu-se em Arezzo, na sua viagem de regresso de Lausanne, onde tinha ido conferenciar com Rodolfo de Habsburgo sobre as condições da sua consagração imperial, a 10 de janeiro de 1276.
Como referenciar: Gregório X in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-13 16:35:44]. Disponível na Internet: