Gruta-Necrópole da Marmota

A gruta da Marmota situa-se numa zona calcária conhecida por Cabeço das Figueirinhas, no concelho de Alcanena.
Compõe-se por vasta sala entulhada onde foram recolhidos, nas diversas visitas efetuadas por especialistas, ossos humanos e fragmentos cerâmicos datáveis da Idade do Bronze. Alguns ossos humanos, cujo conjunto englobava fragmentos de crânio, um fragmento de mandíbula ainda com dentes, vértebras e ossos longos, apresentavam vestígios da ação do fogo.
Relativamente às cerâmicas recolhidas, algumas das quais podem remontar ao período medieval ou mais tardio, o que testemunha se não ocupação pelo menos visitas à gruta ao longo dos tempos, interessa destacar, pela sua antiguidade e raridade, o núcleo de cerâmicas carenadas da Idade do Bronze encontradas em associação com os ossos humanos.
Um outro artefacto bastante curioso que aí se recolheu foi um objeto de osso, polido, que parece ter servido para decorar cerâmica.
Como referenciar: Gruta-Necrópole da Marmota in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-23 10:07:48]. Disponível na Internet: