gutíferas

Família de dicotiledóneas, também designada por Hipericáceas (Hypericaceae) ou Clusiáceas (Clusiaceae), formada por cerca de 40 géneros e mil espécies. As plantas desta família são arbóreas, lianas ou herbáceas, perenes ou anuais, rizomatosas. Podem ser produtoras de óleos essenciais, de resinas ou de látex.
As gutíferas (Guttiferae) são plantas cosmopolitas, distribuindo-se pelas regiões temperadas a tropicais.
As plantas desta família possuem folhas simples, inteiras, opostas ou verticiladas e não estipuladas. As flores podem ser unissexuais ou hermafroditas, isoladas ou agrupadas em inflorescências cimeiras ou terminais. São flores actinomórficas. O perianto diferencia-se num cálice constituído por quatro ou cinco sépalas, geralmente livres, e corola com tetrâmera ou pentâmera, com todas as pétalas livres. Os estames são numerosos, livres ou agrupados de três a cinco feixes. O gineceu é, normalmente, constituído por três a cinco carpelos soldados e estiletes livres. Ovário é súpero. Os frutos, em geral, são cápsulas, mas também se encontram na forma de baga e drupas.
Algumas espécies de Gutíferas têm interesse económico, como, por exemplo, a Garcinia mangostana (mangostão) e a Mammea americana (macieira-mamea-americana), cujos frutos são comestíveis.
Faz parte desta família o género Hypericum, com espécies espontâneas em Portugal. É o caso do Hypericum androsaemum, vulgarmente conhecido por hipericão-do-Gêres, hipérico ou androsemo, e que é espontâneo no Norte e Centro de Portugal.
Como referenciar: gutíferas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-13 11:11:49]. Disponível na Internet: