Haloragáceas

Designação de um grupo de plantas aquáticas dicotiledóneas, também conhecida por família das Haloragidáceas (Haloragidaceae), que é formada por oito géneros e 120 espécies. As espécies desta família podem ser arbustos ou pequenas árvores mas na generalidade são ervas aquáticas ou anfíbias.
As Haloragáceas (Haloragaceae) são cosmopolitas, encontrando-se em regiões temperadas a tropicais.
As folhas das plantas desta família são verticiladas, alternas ou opostas, simples ou compostas e sem estípulas.
As flores são pequenas, regulares, frequentemente bracteoladas e unissexuais, solitárias ou dispostas segundo diversos tipos de inflorescência, como espigas, corimbos ou racimos. O perianto pode ser simples ou duplo. A corola está, por vezes, ausente.
Os estames são epipétalos, geralmente em número de quatro ou oito. Os carpelos são, normalmente, em número de três ou quatro. O ovário é ínfero, geralmente, com três ou quatro lóculos uniovulados.
O fruto é, normalmente, uma drupa ou um esquizocarpo, divisível em duas ou quatro partes monospérmicas.
Em Portugal, esta família está representada pelo género Myriophyllum. As espécies são todas de vida aquática existindo a espécie Myriophyllum verticillatum entre os rios Douro e Tejo e a espécie Myriophyllum alterniflorum desde o Minho até ao Alentejo.
Como referenciar: Porto Editora – Haloragáceas na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-11-27 23:04:16]. Disponível em