halterofilismo

O halterofilismo é um desporto de força e que consiste no levantamento de pesos. A modalidade divide-se em duas categorias: a prova de arranque, "Snatch", e a prova de arremesso, "Clean and Jerk". Na primeira, o atleta deve levantar os pesos (presos um em cada lado de uma barra na horizontal para que o atleta possa pegar e manejar mais facilmente o peso assim distribuído) do chão até ficar numa posição sobre a cabeça, durante um único movimento. Na segunda categoria, o competidor tem dois movimentos para levar o peso, dos pés para o peito, do peito para a posição sobre a cabeça.
As origens do espírito do halterofilismo e exercícios de força baseados no levantamento de objetos pesados remontam ao ano 5000 a. C.. Segundo escritos da época, os membros do exército chinês tinham de mostrar aptidões em provas de levantamento de pesos para serem selecionados. Mais tarde, também na Antiga Grécia era usual a prática do levantamento de pedras de grande envergadura.
Como prática desportiva, o halterofilismo tornou-se bastante popular na Europa, no início do século XIX, principalmente na Alemanha e na França, espalhando-se depois por países da Escandinávia, Médio Oriente e Japão. O halterofilismo foi incluído como modalidade olímpica nas primeiras Olimpíadas da Era Moderna, em 1896, em Atenas, Grécia. O primeiro campeão foi o dinamarquês Viggo Jensen.
A Federação Internacional de Halterofilismo (IWF) foi fundada em 1905 e conta com mais de 160 países filiados.
O halterofilismo na sua vertente feminina surgiu no panorama desportivo mundial apenas no ano de 1987.
Como referenciar: halterofilismo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-18 02:25:31]. Disponível na Internet: