Hanói


Aspetos Geográficos
Capital do Vietname, Hanói situa-se na margem direita do rio Vermelho, concretamente numa planície do seu delta, no Sudeste asiático. Fica a 88 km do golfo de Tonquim. O seu clima é caracterizado por verões quentes e húmidos e invernos relativamente frescos e secos. Possui cerca de 2 670 000 habitantes (2005), que se elevam a mais de 3 100 000 quando considerada a sua área metropolitana.

História e Monumentos O local onde se situa a cidade é povoado há milhares de anos. Contudo, no ano de 866, era uma cidadela chamada Dai La. Em 1010, data oficial da fundação da cidade, tornou-se capital do país até 1397. Entretanto, mudou de nome e recuperou o estatuto de capital, até que em 1802 perdeu de novo o título para Hué. Em 1831 passou a ter o nome atual e em 1873 foi ocupada pelas tropas francesas, tornando-se em 1887 a capital da Indochina francesa. Durante a Segunda Guerra Mundial foi ocupada pelos japoneses, mas em 1945 passou a ser a sede do governo da autoproclamada República Democrática do Vietname. Em dezembro de 1946 começou a guerra de resistência contra os franceses, que acabaram por se retirar do país em 1954. Durante a guerra do Vietname, nos anos 60, foi diversas vezes bombardeada pelos EUA, mas rapidamente reparou os danos. No final do conflito, tornou-se a capital do Vietname unificado, a 2 de julho de 1976. Entre os seus principais monumentos destacam-se o Templo da Literatura (local da mais antiga universidade do país), o Pagode de Um Pilar e a Torre de Hanói.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
Como capital milenar do país, é o centro cultural do mesmo, evidenciando marcas de praticamente todas as dinastias que governaram o país. Apesar de muitas relíquias se terem perdido com o tempo, continua a ter muitos locais de interesse para os turistas e os seus residentes. Possui diversos museus, como o Museu Nacional de História, o Museu Nacional de Etnologia, o Museu Nacional de Belas-Artes e o Museu da Revolução. Um dos locais de maior destaque é o Velho Quarteirão, próximo do lago panorâmico de Hoan Kiem, com ruas e arquitetura originais da velha Hanói. Esta área é famosa pelos seus pequenos artesãos e mercadores, destacando-se as lojas de sedas. Possui também especialidades culinárias locais, assim como diversos bares. Destaca-se também um mercado noturno que abre três dias por semana. Outro local de interesse é o Lago Ocidental, o maior lago da cidade, que inclui diversos templos e onde é possível distrair e relaxar.


Economia
Rodeada por uma extensa cintura agrícola no início do século XX, a cidade registou posteriormente um forte crescimento industrial e no setor terciário. As suas grandes infraestruturas industriais operam no setor mecânico, aparelhos elétricos, borracha, produtos químicos, cimento, têxteis e vestuário. Setores de grande crescimento têm sido também o turístico, o bancário e o financeiro. As suas infraestruturas têm melhorado constantemente, sendo um importante nó rodoviário e ferroviário e dispondo também de um porto fluvial.
Como referenciar: Hanói in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-15 09:57:57]. Disponível na Internet: