Helicídeos

Família de animais pertencentes ao filo dos moluscos, da classe dos gastrópodes, a qual se distribui por mais de trinta e cinco mil espécies. A característica fundamental é que todos os Helicídeos, da mesma maneira que os outros gastrópodes, experimentaram o processo único da torção. Este processo ocorre numa fase avançada da vida larvar quando um músculo assimétrico arrasta toda a massa visceral de 180º, no sentido contrário ao dos ponteiros de um relógio, em relação à cabeça e ao pé, fazendo com que a cavidade do manto, que estava em posição posterior, rode e se situe exatamente atrás da cabeça do animal. É um género tipo desta família o género Helix de que o caracol pardo dos jardins é um bom exemplo. Os indivíduos desta família têm olhos e tentáculos. Em consequência da torção da sua massa visceral estes animais não apresentam simetria bilateral. São protegidos por uma concha por vezes de tamanho muito reduzido cuja forma típica é um cone alongado e espiralado. São em geral herbívoros. O caracol é um animal hermafrodita. Apesar de hermafroditas os caracóis cruzam-se o que é acompanhado pela troca dos gâmetas masculinos, ou mais exatamente dos espermatóforos, que contendo espermatozoides se vão acumular na bolsa copuladora do parceiro. Esperam a maturação dos óvulos que se formam depois dos espermatozoides. Os ovos protegidos por uma fina camada calcária são postos em número que oscila entre os cinquenta e oitenta.
Como referenciar: Helicídeos in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-27 05:08:01]. Disponível na Internet: