Heliogábalo

Imperador romano (c. 205-222) entre 218 e 222, também designado Elagábalo, Heliogábalo, nasceu em Émeso, na Síria.
Na sua cidade natal foi sacerdote do culto do deus-sol sírio-fenício Elagabal. Após o assassinato do imperador Caracala, e apoiado num astucioso plano de sua mãe Soemis e da tia-avó Júlia Domma, recebe a púrpura imperial com a idade de 14 anos. A sua entrada na corte imperial deve-se ao facto de ter sido considerado filho de Caracala, quando na verdade o era do cônsul Vário Avito Bassiano.
A sua intenção de impor o seu deus asiático ao panteão de divindades romano foi polémica, e em 222 é assassinado pela guarda pretoriana, sendo o seu reinado considerado infame por decisão do Senado.
Como referenciar: Porto Editora – Heliogábalo na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-25 04:22:14]. Disponível em