Henry Armstrong

Henry Armstrong, pseudónimo de Henry Jackson Jr., nasceu a 12 de dezembro de 1912, em Columbia, Mississípi, EUA, mas foi viver desde muito novo para St. Louis, no Missouri, onde aprendeu a combater nas ruas.
Inscreveu-se num ginásio de boxe em 1929, com 17 anos, e realizou os seus primeiros combates em Pittsburgh, perdendo o primeiro para Al Iovino por KO.
Depois de cinco anos, em que ganhou praticamente todos os combates que disputou, assinou contrato com Eddie Mead, manager do antigo campeão Joe Lynch. Em 1937 conquistou o seu primeiro título de campeão. Ganhou o prémio de "Boxeur do ano" atribuído pela revista da especialidade Ring Magazine.
No ano seguinte, em maio, derrotou Barney Russ no Madison Square Garden, em Nova Iorque, ganhando o seu segundo título de campeão. Ainda nesse ano, a 17 de agosto de 1958, Henry Armstrong voltou a mostrar a sua força e conquistou o título de campeão pela terceira vez, derrotando Lou Ambers, num duro combate de 15 rounds.
A carreira de Henry Armstrong foi recheada de êxitos mas conheceu também algumas derrotas famosas. Em 1939, Henry perdeu para Lou Ambers. No ano seguinte, em outubro de 1940, num dos mais duros combates da sua carreira contra Fritzie Zivic, acabou muito ferido. Zivic voltou a vencer Armstrong três meses depois, impondo-lhe a segunda e última derrota da sua carreira por knock out (KO).
Em 1945 reformou-se do boxe profissional, após um combate contra Chester Slide. No seu palmarés ficaram registados 150 vitórias, 21 derrotas e 9 empates.
Henry Armstrong foi nomeado para pertencer ao International Boxing Hall of Fame, onde figuram os melhores pugilistas de todos os tempos.
Morreu a 24 de outubro de 1988.
Como referenciar: Henry Armstrong in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-23 21:44:29]. Disponível na Internet: