Hidrocaritáceas

Família de plantas traqueófitas, monocotiledóneas, que se distribuem por cerca de 17 géneros e cerca de 100 espécies. São ervas aquáticas, geralmente submersas e, algumas vezes, flutuantes ou subaéreas.
As hidrocaritáceas (Hydrocharitaceae) distribuem-se por regiões temperadas e tropicais.
As folhas, alternas, opostas ou verticiladas, são simples e inteiras; sem espículas. As flores são regulares, unissexuais e raramente hermadroditas. No início do seu desenvolvimento, as flores são envolvidas por uma ou mais brácteas espatáceas.
O perianto diferencia-se em cálice, com três sépalas, normalmente numa posição mais externa, e em corola, formada por três pétalas distintas. A corola pode estar presente. Podem ter dois ou mais estames, livres ou soldados. Normalmente, com três ou seis carpelos. O ovário é ínfero e com numerosos óvulos.
O fruto é carnudo, com numerosas sementes, e irregularmente deiscente.
São espécies portuguesas a Hydrocharis morsus-ranae, que vive em águas represadas entre o Vouga e o Tejo, a Vallisneria spiralis, que vive entre a Bairrada e o campo do Mondego, e a Elodea canadensis, que vive nas valas do campo do Mondego e na Ria de Aveiro.
Como referenciar: Hidrocaritáceas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-17 14:48:49]. Disponível na Internet: